Willian Ricciardi

E ai Gladiadores, tudo em cima? Esta, em teoria deveria ser a minha apresentação, mas para dizer a verdade estou com preguiça, logo, direi uma ou duas coisas e em seguida colarei, na cara dura, uma biografia que tinha escrito para uma antologia. Depois dela vocês encontram meus contatos e um ou dois pedaços de contos também, se tiverem paciência para ler… rsrs
Bom, vamos lá… Willian, Will para os “íntimos”, professor de história, mestrando em educação, 24 anos (sem brincadeirinhas bestas por favor) pseudo-escritor a caminho, quem sabe, de um romance e… bom, o resto é lenda…
Leiam os contos!

Fui!

” Com alguns parafusos a menos, Will apaixonou-se pelos livros praticamente quando ainda usava fraldas e desde então vive uma relação de amor e ódio com os mesmos. Fã confesso de literatura fantástica, história e mitologia, vem desenvolvendo a mania de escrever, que ainda não se sabe bem por que, é incentivada pela namorada e por alguns editores/organizadores com menos parafusos do que ele. Escreve bobagens subjetivas e aleatórias sem a menor periodicidade em seu blog, mas não aconselha ninguém a lê-las. Meio cigano por parte de seu tatataravô promete amaldiçoar quem ler seus contos e não mandar no mínimo uma opinião, de preferência positiva. “


Obras em que o autor participou:

Antologia Palavras Verdes II – Conto “A Nossa parte” – 2008 – disponível no link.

Antologia Grimoire dos Vampiros – Conto “Lua de Sangue” – 2010 – disponível na cultura (link) ou com o autor (e-mail).

Antologia Tratado Secreto de Magia – Conto “Vingança de Bruxa” – 2010 – disponível apenas com o autor (e-mail).

Coleção Histórias Fantásticas Volume I – Conto “Gênesis” – Em Breve


Blog: www.desperdiciomental.blogspot.com

e-mail: willrfernandes@gmail.com
SKOOB: http://www.skoob.com.br/usuario/37813

OBS. Em virtude de virus e spans, se vocês não colocarem um título decente no e-mail, ou uma explicação de porque me adicionou no msn, eu nem dou atenção ok?

Uma resposta em “Willian Ricciardi

  1. Pingback: Sumida! « Ficção Científica versus Realidade

Os comentários estão desativados.