Especial Resenhas Fantásticas – Quase Inocentes

“Crianças e terror. Duas palavras dispares, mas eu combinam muito bem. Porque, quando justa postas, dão a garantia de emoções fortes, que nos atingem em um de nossas pontos mais vulneráveis: o fé absoluta que temos no inocência imaculada da tenra idade.
Garotos e garotas perdidos. Alminhas assassinas. Pequenos monstros que horrorizam e repugnam. Que ferem e matam.”
– Prefácio

Porque crianças nos assustam tanto quando o tema é Terror?

Posso não ter as respostas mais tenho uma dica para quem quiser se aprofundar mais nessa pesquisa macabra, Quase Inocentes nos trás contos onde a mente infantil guarda nossos piores pesadelos.

Cheguei a conclusão que não poderia deixar de citar os contos pois cada um a sua maneira nos trazem o terror em rostinhos angelicais, podemos começar com o titulo e o sentido literal dele:
– Em Dentinho (Georgette Silen), Criança Noturna (Giulia Moon), Caindo no Despertar (Suzy M. Hekamiah), Guardian Angel (Luciana Fáima) e Corações Negros (M.D. Amado) pode se esperar mais do que bondade em um rostinho bonitinho que em teoria te lembraria coisas boas, porém esse lado obscuro é inconsciente nas pequenas cabecinhas, pode se dizer até que é um mal inocente.
– Por outro lado temos Duas Crianças e Duas Chaves (Felipe Pierantoni), Vestido Cor de Rosa (Camila Fernandes) e O Grande Estopim para a Vida Criminosa de Alice Carmosim (Luisa Vianna) que narram a história de crianças que sentem um grande prazer ao praticar o mal, mesmo que esse mal tenha sido despertado por outra pessoa.
Outros contos, diferentes, vezes mexem com o humor como em O Presente de Berenice (Adriano Siqueira), ou com lendas a muito esquecidas – Revelação Kyngá (André Bozzetto Jr.). Outros mexem com sentimentos mais sérios como em Reversões (Andrés Carreiro Fumega) e Brincadeiras de Criança (Juliano Sasseron).

Sem deixar de citar, obviamente o prefácio de Martha Argel que dá um toque especial ao livro.
Extraneus 2 – Quase Inocentes demosntra as várias formas que o titulo pode ser empregado, e cabe a nós escolhermos aquelas histórias que nos deram mais arrepio…

Tomei a liberdade de fazer uma seleção dos contos que eu mais gostei:
– Criança Noturna
– A Revelação Kyngá
– O Presente de Berenice
– O Grande Estopim para a Vida Criminosa de Alice Carmosim
– Reversões
– Duas Crianças e Duas Chaves

Pra saber mais sobre os  outros volumes da Coleção Extraneus clique aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s