NaNoWriMo – Parte 2 – A preparação

Ok gente, hoje é segunda e é dia do post sobre o NanoWriMo, então vamos a ele sem maiores rodeios, o que acham?

Hoje eu quero falar sobre a preparação, completamente opcional, mas que pode ajudar muito durante o seu mês de Novembro e, sobre a atitude “correta” para aproveitar o NaNo.

Primeiro a preparação. Como já vimos, as pessoas tem modos diferentes de encarar o NaNo, variando, principalmente, no que elas querem fazer com ele. A preparação é um ponto importante, mas, da mesma forma que os objetivos, ela também vem em formas diferentes. Para aqueles que desejam aproveitar o que irão escrever durante o NaNo no futuro, o ideal é que a preparação inclua uma parte mais extensa de pesquisa, e talvez até algumas fichas prévias de personagens e coisas afins. Para aqueles que irão participar mais pela diversão e pelo desafio, a preparação é basicamente um roteiro que vai ajudar na confecção do texto final.

Isso também vale para escritores iniciantes que, por ventura, não sejam insanos o suficiente para participar do NaNo, pois a criação de um roteiro pode ajudar, e geralmente ajuda bastante, na produção de um romance, independente de em quanto tempo ele é escrito. Na verdade o roteiro, ou planejamento, ajuda na criação de qualquer uma das categorias de texto – romance, conto, novela, etc… – não só otimizando o tempo de produção, mas também contribuindo para a coerência da trama e dos próprios autores, ao lhes fornecer uma linha de raciocínio mais simples – geralmente composta de fatos da trama principal – apenas para norteá-lo.

Existem, claro, os autores que não concordam com isso e acham que a preparação de um roteiro pode limitar os horizontes de um autor ao fazê-lo se preocupar única em seguir o planejamento, mas, particularmente acho que um bom roteiro não é indispensável, mas ajuda bastante.

Considerações pessoais a parte, entro no segundo item deste post, a atitude “NaNo”. Eu sei que pode parecer repetitivo, e, para mim também pareceu quando li sobre essa “atitude” em vários sites com dicas para escritores que pensam em se aventurar no NaNo, mas, com o tempo, vim a perceber que esse tema é recorrente justamente porque é essencial que se entenda que sem essa atitude a experiência perde grande parte de sua validade.

Essa atitude que se fala tanto no NaNo é basicamente entender que você não vai ganhar dinheiro com o NaNo – talvez pegando o que escreveu e revisando depois você consiga uma publicação – nem nenhum troféu, nem vai provar nada. O NaNo é para você se libertar das limitações e preocupações que geralmente estão atreladas ao ato de escrever, levando sua imaginação aos limites e além.O NaNo é para se bater a meta, mas não para se frustrar caso não consiga. A atitude NaNo é uma atitude simples e despretensiosa. Uma atitude de quem esta mais preocupado em aprender e se divertir do que qualquer outra coisa. Não se esqueçam disso!

Eeeee… por hoje é só pessoal! Espero que estejam gostando da preparação para o NaNo que o Marcelo do Letraimpressa e a gente aqui do Arena Fantástica estamos montando para vocês.

Um grande abraço e

Avante Gladiadores!

Will.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s