Peregrino Fantástico – 1

 

… Eu ainda não acredito que aceitei fazer isso, você viu o tamanho daqueles orcs Alicia?… O que? Isso já esta sendo publicado???  Er… Obrigado pelo aviso…

E ai gladiadores fantásticos, tudo bem? Me desculpem por esta apresentação atrapalhada, mas quando você vive na estrada como eu, uma secretária decente é um luxo raro.  Olhem eu reclamando dos meus problemas para quem nem me conhece direito.  Eu sou… Bom… Acho melhor não dizer meu nome… Existem… Hum… Dividas e outros problemas que me seguem por ai… Chamem-me de Peregrino por ora. É, peregrino está bom!
Agora, por que estou aqui? Simples! Encontrei com o Gladis, o gladiador residente aqui do Arena em uma taverna e ele acabou por me pedir para que enviasse um breve relato, como um guia turístico, de todos os lugares que eu visito, por um pequeno pagamento, é claro! Acho que então eu sou o guia de vocês nesse mundo que vocês conhecem por fantasia!

Bom, o tempo é curto, então vamos ao que interessa! Hoje eu me encontro numa terra conhecida por seus nobres cavaleiros e cavalos velozes. Alguém pode adivinhar onde estou? Ok, ok, mais uma dica, a bandeira do lugar é essa:

Tá certo, tá certo, isso não é um jogo de perguntas e respostas. Para quem ainda não sacou, eu estou em Rohan. A, vamos lá, vocês conhecem o lugar. Isso mesmo, aquele que foi praticamente devastado pelos Uruk-Hai de Sauron. Isso mesmo, o povo desse cara aqui:

Uruk – Hais não são simpáticos. Evite-os a todo custo

Rohan també é chamada, em alguns lugares, de Riddermark e é um dos reinos mais importantes da terra média! Tudo bem, tem cavalos DEMAIS por aqui e isso não necessariamente contribui para a qualidade do ar, mas a vista compensa! Isso é claro, se você não estiver olhando para Oestemnete. Tá, o lugar é bonito, plano e sem arvores, mas fique ligado, um colega meu foi atravessar a planície e quando a relva chegou na cintura dele ele afundou num lago praticamente invisível. Nem me pergunte o que aconteceu depois ok? Digamos que o cheiro e as palavras que saiam dele quando conseguiu voltar eram capazes de deixar os mercenários do leste envergonhados.

Enfim, aqui também tem coisas lindas, como o rio Isen a Oeste, a floresta de Fangorn e o rio Limclaro ao Norte e as belíssimas Montanhas Brancas ao Sul. Há também, ao sul, pouco antes das belas montanhas, o Folde Ocidental, Um local bacana habitado por pessoas simples e com um ótimo artesanato local! Olha que suvenir bacana eu comprei para me lembrar da terra dos cavalos:

 

Artesanato Local

 

A capital do Reino de Rohan é Edoras, onde estou agora, bem longe das áridas terras castanhas, mas as margens do Riacho de Neve. Bom, é basicamente isso. As hospedarias são poucas e o serviço de quarto deixa a desejar. Mesmo a Fortaleza de Helm’s Deep, que era o que eu realmente queria visitar estão em reforma desde o final de “As Duas Torres” e não tem previsão de re-abertura para o publico. Essas coisas são muito chatas, mas acontece na vida de um peregrino…

Por minha vez, eu acabo de negociar com um Rohirrim, sim, aqueles caras fortões e cabeludos que quase parecem uma banda de Heavy Metal – menos os cavalos é claro – uma montaria. Eu queria um Meara, mas ele disse que esses são coisa fina, só da realeza, então to aceitando um cavalo comum, forte e rápido, mas comum. Espero que vocês tenham gostado desse primeiro passeio e que eu sobreviva para os próximos. Caso tenham sugestões de lugares ou da forma como eu os visito, entrem em contato com o pessoal do Arena pelos comentários abaixo e eles me avisam certo? Agora tenho mesmo que ir, aqueles minotauros que eu chamei para um churrasco estão voltando e não parecem muito felizes em me ver!

 

Estamos todos no mesmo time!

Minotauros NÃO GOSTAM de churrasco. Cuidado!

…Pronto Alicia encerra a transmissão… Não Alicia, agora. Alic… Eles estão armad… CORRE…

O Peregrino

Anúncios

4 respostas em “Peregrino Fantástico – 1

  1. Pingback: Tweets that mention Peregrino Fantástico – 1 | -- Topsy.com

  2. Eu tenho um meara e não divido com ninguém…. huahuah

    muito bom, gostei…

    abraço aos amigos

  3. Pingback: 2 – Eu vou, eu vou, pra Gondor agora eu vou… |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s