Resenha: O Anjo Maldito


Autora: Susy Ramone

Editora: Livros Ilimitados

Nota: 7,0

Resumo:

O Anjo Maldito é uma narrativa feita no estilo de Entrevista com Vampiro, mas visto a partir da perspectiva de três personagens diferentes.

Sarah é uma jovem que, ao descobrir uma banda de Black Metal, se apaixona perdidamente pelo vocalista. Ela tem certeza que o conhece de outras vidas, mas não possui nenhuma memória ou prova capaz de confirmar esta teoria. Até agora.

Dani Stroke, alvo da paixão de Sarah, é o vocalista de uma banda de Black Metal, que compõe músicas de adoração ao demônio e fala de seus servos sanguinários. Sua real identidade, entretanto, é Samyaza, um anjo caído que dedicou diversas encarnações a serviço do Diabo e sofre com a lembrança de cada detalhe de suas vidas passadas.

Angela é uma jovem que perdeu os pais quando pequena, e que, apesar de todas essas dificuldades continuou sendo uma pessoa bondosa e amorosa.

Encarnações passadas, viagens espirituais, e um mundo prestes a ser dominado pelo mal são os principais elementos desta aventura.

Pontos Positivos:

  • Leitura flui bem do inicio ao fim.
  • Interessante mistura de figuras históricas e conceitos religiosos.
  • Maneira interessante de apresentar esses conceitos no livro. Não torna a leitura cansativa.
  • Recurso eficaz o de separar um capítulo curto para conceituar Black Metal. Desta forma, o leitor pode optar por ler ou pular o capítulo, sem prejudicar seu interesse no livro.

Pontos Negativos:

  • Algumas partes do livro dão a impressão de corridas/mal explicadas. Poderiam possuir maiores detalhes e melhor profundidade.
  • O título poderia ser diferente, para captar melhor a ideia do livro. O Anjo Maldito passa a impressão de uma obra de terror, onde o antagonista seria alguém cruel e inescrupuloso. Esse não é o caso.
  • Os personagens, apesar de carismáticos e bem feitos, não possuem muita profundidade e não surpreendem o leitor em suas ações.

Opinião:

O enredo do livro segue sem muitas surpresas. Do inicio ao fim ele não muda, mantendo sempre o mesmo tipo de narrativa, foco e indo em direção ao desfecho esperado. No final, há uma indicação clara de que poderia haver uma continuação.

Alguns elementos apresentados no livro se utilizam de uma combinação entre ficção e realidade. Não sou uma historiadora e por isso, deixarei para outras pessoas explorarem a pesquisa e a profundidade dessas ligações feitas pela autora.

Há uma obvia influência de Anne Rice com sua obra Entrevista com Vampiro – que é inclusive citada pela própria autora nas primeiras páginas.

Os três protagonistas: Sarah, Dani Stroke e Angela são bem explorados, se levarmos em consideração o tamanho do livro. É fácil ter carinho pelos personagens, e até mesmo ter um pouco de pena daquele que deu origem ao nome do livro, Samyaza.

A autora faz um bom trabalho com a descrição dos lugares e de alguns seres extraordinários como o Diabo. A decepção fica na maneira como a história parece corrida, deixando de lado um detalhamento maior das cenas e dos acontecimentos. Seria um livro melhor se tivesse sido feito como um romance ao invés de uma novela.

Link do livro no skoob: http://www.skoob.com.br/livro/139370-o-anjo-maldito

Anúncios

Uma resposta em “Resenha: O Anjo Maldito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s