Dicas para superar o monstruoso Bloqueio de Escritor

Semana passava, durante as poucas horas disponíveis que tive para escrever, me deparei com um terrível monstro: a tela em branco.

Ela me fitava com um olhar zombeteiro enquanto eu a encarava em desespero. Tentei diversas vezes escrever algo e em todas as tentativas apertei a tecla DELETE.

Irritada, decidi procurar por dicas de como me livrar do famoso Bloqueio de Escritor.

Encontrei alguns sites em inglês que tratavam sobre o assunto e que me ajudaram bastante, por isso, decidi compilar essas dicas e publicá-las para vocês.

1 – Fale com um bicho de pelúcia.

Explique o que você realmente está tentando dizer para um bicho de pelúcia ou talvez para um amigo.

2 – Faça algo que seja importante e ao mesmo tempo fácil.

Existe alguma parte pequena de sua obra que possa ser terminada rapidamente? Dessa forma, você ainda estará trabalhando nela, mesmo que por outro ângulo.

3 – Pratique escrever qualquer coisa, em estilo livre.

Escreva qualquer coisa por um período de tempo específico. Por exemplo, se comprometa a escrever por 10 minutos. Não pare, independente do que aconteça. Tape o monitor com um envelope pardo se for necessário. Continue escrevendo mesmo sabendo que está uma porcaria, que não faz sentido ou que não está gramaticalmente correto. Quando você se compromete a fazer algo, seu cérebro se adapta aquela atividade depois de um tempo e começa a executá-la com maior naturalidade.

4 – Saia para caminhar.

Desligue o ‘modo escritor’ por alguns minutos. Pense em coelhinhos, na paz mundial ou no(a) gostosão/gostosona da casa ao lado.

5 – Tome banho e mude de roupa.

Faça seu cérebro acreditar que é o inicio de um novo dia, um novo momento. Renove seu ânimo.

6 – Procure outro ambiente de trabalho. Escreva em um lugar diferente.

Se faz algum tempo que você está sentado na frente do computador e a tela continua em branco, está na hora de mudar de cenário. Desligue o computador. Leve uma caneta e um caderno para algum lugar diferente. Um parque, uma praça, um barzinho, um local novo que possa te inspirar.

7 – Pare de se torturar.

É difícil ter o ânimo ou a inspiração para criar algo inovador quando você está deprimido ou se sentindo inseguro. Pare de ser pessimista. Ao invés disso, pense que tudo ficará bem.

8 – Crie um comportamento ritualístico para escrever.

Tomar um copo de água a cada vinte minutos. Fazer flexões ao terminar uma página. Acender uma vela preta antes de começar um capítulo novo. É sempre bom criar algum tipo de rotina disciplinar que envolva algo além de sua mente e criatividade.

9 – Termine algo, mesmo que escreva qualquer porcaria.

Aceite que seu primeiro rascunho ficará horrível, mas não pare de escrevê-lo. Termine algo.

10 – Escute novos estilos de música.

Escute música instrumental, country, ou qualquer coisa que nunca tenha ouvido antes. Ligue o modo de repetição e não mude de música até que seu primeiro rascunho esteja terminado.

11 – Desligue seu roteador.

Twitter, Facebook Farmville e MSN não estão te ajudando a escrever. Desligue a internet e feche todas as janelas que não estejam relacionadas com aquilo que você está escrevendo. Se necessário, crie uma nova conta de usuário em seu computador e bloqueie qualquer tipo de aplicativo que normalmente te atrapalhe.

12 – Escreva fora de ordem.

Pare de se torturar com “a ordem perfeita das coisas”. Não precisa escrever um capítulo atrás do outro. Escreva seu capitulo ou parte favorita. Crie aquilo que se encaixar com o seu humor atual. Se estiver no clima de trabalhar na carta que enviará aos editores, então faça isso!

13 – Trabalhe no título.

Invente cinco títulos distintos para sua obra. Pense a respeito de cada. O que mais te incomoda sobre aquele que você menos gosta? Por quê? Vá eliminando um a um. Reutilize palavras que gostou.

14 – Escreva cinco palavras.

Literalmente. Escreva cinco palavras randômicas em um pedaço de papel. Em seguida, repita o exercício. Agora, tente escrever uma frase. Pode ser sobre qualquer coisa. Aos poucos, seu cérebro vai se acostumar com a ideia e tudo começará a fluir com maior naturalidade.

E se tudo isso falhar…

… desligue tudo, vá jogar vídeo game e repita essa lista no dia seguinte.

 

Fontes:

http://www.unc.edu/depts/wcweb/handouts/writing_anxiety.html

http://www.43folders.com/2004/11/18/hack-your-way-out-of-writers-block

Espero que essas dicas ajudem tanto quanto me ajudaram quando precisei!

Larissa Caruso

Anúncios
Esse post foi publicado em escritores, opinião e marcado , , , , , , , , por lalinha777. Guardar link permanente.

Sobre lalinha777

Larissa Caruso nasceu em São Paulo, Capital, em 1984. Formada na Universidade do Texas, atua como consultora de TI, além de se dedicar a escrita. Publicações: Marcas na Parede (Editora Andross), Metamorfose: A Fúria dos Lobisomens (Editora All Print), Tratado Secreto de Magia (Editora Andross) e UFO – Contos Não Identificados (Editora Literata). Recentemente finalizou seu romance policial de ficção científica chamado Nébula de um Buraco Negro. Agora trabalha em um romance de ficção científica misturado com fantasia chamado Anátema, usando como foco a magia. Expõe sua obra no site http://www.larissacaruso.com. Contato com a autora: larissa@larissacaruso.com

9 respostas em “Dicas para superar o monstruoso Bloqueio de Escritor

  1. Oi Larissa ótimas dicas para desbloquear esse monstro, eu tenho um ritual, sempre escrevo meu rascunho num caderno ou folhas de fichario. Não consigo escrever direto no computador, a tela em branco tem algo que me bloqueia. Sempre da certo. Depois quando vou passar para o computador vou lendo e fazendo os primeiros ajustes.
    beijos
    Debby

  2. Super dicas, Lali!! ^_^ Apesar de eu achar que a 10 pode ser, de certa forma, uma maneira de torturar algm! uahsuahsuhaus

  3. Pingback: Tweets that mention Dicas para superar o monstruoso Bloqueio de Escritor | Arena Fantástica -- Topsy.com

  4. Dicas super úteis, algumas são até engraçadas, mas creio que funcionem. Estava precisando ler algo assim para me reanimar.
    Parabéns Larissa!

  5. Pingback: Cafeína 019: Artigos e Contos « Café de Ontem

  6. Pingback: Bloqueio de escritor: como vencer | Psicofrenia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s